Massada de Ventresca de Atum

Mar 5th

Por aqui também se apreciam refeições descomplicadas, rápidas e, acima de tudo, reconfortantes. Mas, como não podia deixar de ser no Be & Me, eis que se transforma um prato tão banal em qualquer coisa de fabuloso!

Portugal é (ou devia ser) sobejamente reconhecido pelas suas conservas e, pasmem-se (ou não), o português (de Portugal) é o primeiro a desvalorizá-las, muitas vezes por mero desconhecimento. As conservas Santa Catarina são um dos Ex Libris açorianos e, sempre que vou visitar a minha amiga Carol ao Espaço Açores não resisto a trazer meia dúzia de latinhas. É mais habitual utilizarmos estas iguarias como pequenas entradas ao melhor estilo bruschetta portuguesa, mas desta feita, lembrei-me de preparar a refeição mais simples de sempre – massada de atum, a partir de ventresca de atum – que corresponde à zona da barriga e que tem um sabor delicado e uma textura firme, estando conservada em azeite e não em óleo, como se quer.

Ingredientes:

  • 2 latas de ventresca de atum Santa Catarina;
  • 1 tomate grande maduro;
  • 4 dentes de alho;
  • 1 cebola grande;
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate;
  • 4 colheres de chá de manjericão seco;
  • 4 colheres de chá de oregãos;
  • flor de sal
  • queijo grana padano ralado q.b.
  • 1 malagueta biológica;
  • azeite q.b.
  • penne rigate desidratada q.b.

Preparação:

  • Preparar um refogado com a cebola e o alho picados.
  • Adicionar o tomate picado e a polpa de tomate e deixar cozinhar.
  • Juntar a ventresca, temperar (manjericão, oregãos, flor de sal e a malagueta partida).
  • Cozer o penne em água com flor de sal e um fio de azeite.
  • Quando a massa estiver al dente, juntar ao preparado de atum e deixar apurar.
  • Empratar com grana padano ralado e oregãos e servir.

Bon appétit!

Sugestão de vinho:

Não saímos dos Açores. O Frei Gigante é um dos vinhos brancos mais emblemáticos das Ilhas e pela sua acidez e mineralidade é um bom apoio à massa e ao tomate.

One Comment on “Massada de Ventresca de Atum

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *